26 de jun de 2012

Preferência


Venha sem receio e bagunça esse meu coração.
Paz, terei na morte.
Nessa vida quero mesmo é emoção

Nenhum comentário:

Postar um comentário