13 de mai de 2017

Esfinge

Linda e misteriosa
eu a vejo.
Entre observação
e contemplação.
Nem indiferente
nem apaixonado.
Relutante e indeciso
entre a ânsia de te decifrar,
e esse desejo de ser devorado.