1 de set de 2010

Alvorada

Era mesmo a hora!

Não pude fugir.

Quando me alcançou a aurora.


Um comentário: