26 de mar de 2014

Descompasso

Sua presença me encantou.
Meu jeito, eu sei, te acendeu.
Seu riso me alegrou,
Seu frio me aqueceu.
Aquele beijo, não será esquecido,
meu perfume, pra sempre em você.
Minha saliva não te sacia mais,
E minha cama não será seu ninho.
Meus sonhos não indicam seu destino,
seus planos não incluem os meus.
Nossos passos vão em distintas direções.
E essa saudade que aparece às vezes,
não entristece, ao contrário,
Fazem-nos sorrir.
Alegria por tudo que vivemos.
Se foi apenas um instante,
foi intenso,
Foi encontro.
E se não somos nós,
eu e você fomos um, por um momento.
Se agora o tempo enche de distância
o espaço entre nós,
ainda assim não a de haver tristeza,
nem pesar,
nem lágrimas
ou malquerer.
Podemos até fazer canções, que falem de nós,
que não éramos as pessoas erradas,
E tínhamos os desejos certos.
Só não sincronizamos nosso tempo.
E sua chegada veio amar minha partida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário