17 de jun de 2010

Brisa...

Sopra, outra vez, esse vento morno.

Enquanto aquece meu espírito,

Mostra que o amor não está morto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário