11 de dez de 2009

Um tempo para si mesmo. Para mim. Para quem está próximo e para quem não está.

Um tempo para quem você é, e para quem não pôde ser.

Um tempo curto em sua vida. Uma vida longa para o tempo que julga ser seu.

Enfim, seu tempo, sua vida...

Convencionamos a chamar de nosso, aquele a quem pertencemos. E esta, da qual somos meros navegantes.

Seja como for que se encare, faça valer à pena. Pois uma vida inteira às vezes é muito curta e “Dois Segundos” podem ser uma, “quase” eternidade, na relatividade absoluta que a vida é!



...Esse tempo vai mudar sua vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário