30 de out de 2009

Mais do mesmo, de mim...

Agora no BarRio
Como no Senzala.
A música não muda.
A cerveja não muda.
A mesa continua vazia...
Mas muda a temperatura,
a sensação e,
depois de tanto tempo
e tantos quilômetros,
muda, sobretudo,
minha forma de ser sozinho...
29/10/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário